Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos

09 - O Graal

09 - O Graal

Introdução

De valor significativo altamente simbólico, o Santo-Graal representa ao mesmo tempo o "sangue de Cristo" e a "Graça Divina" dispensada por Cristo aos seus discípulos. Ele é conhecido como taça ou Cálice Sagrado, sendo um objeto simbólico bastante antigo, de tradição e fundamento celta pré-cristão.

Origem Lendária

Interessante observar a lenda que envolve a origem do Graal: Segundo Wolfram d'Eschenbach, a princípio, este objeto sagrado foi moldado pelos seres angélicos, que o talharam a partir de uma esmeralda. Após o que, o mesmo foi conferido a Adão, que o guardou. Contudo, após a queda de Adão e ao ser expulso do Éden, não lhe foi permitido levar consigo o maravilhoso objeto.

Conta a lenda que o Santo-Graal foi usado na última Ceia de Cristo. E com ele, José de Arimatéia coletou o sangue e a água (referência à fonte da imortalidade) que vertiam da chaga no corpo da pessoa do Cristo, mais precisamente de Seu coração. Após sua morte, este objeto sagrado, o Santo Graal, foi conduzido até a Grã-Bretanha e nada mais se soube a respeito do mesmo.

Iniciação

Um ponto significativo a considerar é o segredo da iniciação. É interessante notar e estar atento ao conhecimento esotérico que o objeto veicula. O Santo-Graal simboliza o homem espiritual, perfeito, andrógeno. Intimamente ligado às etapas que edificam a "grande obra", como o segredo da redenção, da Cruz e do sacrifício, a fé inabalável e o serviço abnegado, entre outros.

O Santo Graal evoca e corresponde-se com as qualidades do coração e da "vontade espiritual", faculdade essa que, ao ser exercida diariamente, é capaz de fazer do homem progressista a pedra talhada finalizada.

Estes são alguns dos atributos que celebram o sacrifício humano cotidiano na senda salvadora.


PAZ e Expansão da Consciência na Luz!

Fontes de Consulta:

- CHEVALIER Jean; GHEERBRANT Alain, Dicionário de Símbolos - José Olympio Editora, RJ, 22ª Edição; pp. 476, 477, 697.

- GUÉNON René, Os Símbolos da Ciência Sagrada - Editora Pensamento SP; pp. 13, 14, 15, 16, 17, 386 e 387.

 

(Maria)



Home
Home

Copyright © - Portal de Anjos - 2009 - 2017 - Todos os direitos reservados.

Validado em  XHTML  e  CSS