Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos
Portal de Anjos

08 - GAYATRI MANTRA

08 - GAYATRI MANTRA

A sabedoria tradicional hindu é ancestral e, segundo alguns autores, remonta a milhares de anos. É dito que no âmago de sua vasta literatura religiosa e filosófica há uma essencialidade de verdades profundas que foram conhecidas diretamente pelos Rishis (sábios) do pretérito, os quais deram o impulso inicial e introduziram na prática religiosa diária um mantra em sânscrito bastante puro e elevado: o Gayatri Mantra.

A palavra Mantra (vide Mantras na página: http://portaldeanjos.com.br/textos/index/47) possui muitas conotações, havendo variáveis combinações de sons, cuja repetição pode produzir resultados benéficos e espirituais, como, por exemplo, a elevação da consciência daquele que emite o som mântrico.

Ao entrar em contato com um mantra sagrado é necessário, em primeiro lugar, uma atitude de respeito. Quando o objetivo é usá-lo com propósito evolutivo é importante também reverência, seriedade, tenacidade e humildade do pronunciante. Assim, as auspiciosas vibrações mântricas atuarão como purificadoras, equilibrando os níveis de energia daquele que o pronuncia compenetradamente. Os Rishis ensinavam que um afluxo de energia proveniente de planos sublimes vem ao encontro do emitente. Por isso, a repetição (japa) compenetrada de certo mantra é uma das práticas diárias do sadhaka (indivíduo que percorre a senda espiritual), e que, entre outras atividades, se empenha no aprimoramento de caráter, na devoção e na meditação periódica.

Um mantra de caráter espiritual, como o Gayatri, tem por natureza promover estados superiores de consciência, sendo funcional à medida que é continuamente sintonizado pelo sadhaka. Em geral, os mantras espirituais purificam e harmonizam os veículos (corpos) do emitente. E conforme o indivíduo avança nesta prática, ele vai se tornando mais consciente da Presença Suprema no âmbito da existência material.

Sabemos que a Divindade Eterna está em toda parte. A Consciência Suprema acerca-nos por todos os lados momento a momento, ofertando expressões indutivas para o progresso de toda consciência evolutiva. Pela contínua aspiração do homem ao progresso e persistência nas práticas espirituais, o progressista vai transcendendo níveis mais densos de existência e alcançando o padrão de elevação que o capacita a perceber o poder do amor cósmico presente na dimensão terrestre. Esse apercebimento significativo é um empreendimento do centro cardíaco. Para esse desenvolvimento de alcance transcendente a sabedoria tradicional hindu oferece ao mundo o Gayatri Mantra.

O Gayatri é reconhecido como a mãe dos Vedas (escrituras sagradas do hinduísmo). Citações sobre o poder deste mantra ocorrem nos 4 Vedas, sendo muitíssimo respeitado e cantado por toda a Índia. Ele representa o conhecimento Védico em sua mais profunda essência, considerado, portanto, um mantra iluminador. O Gayatri Mantra é um dos mais populares mantras do hinduísmo, dividindo a liderança apenas com o mantra OM.

De acordo com a filosofia oriental, o ser humano possui diversos corpos (veículos ou koshas) constituídos de matéria bastante sutil. Esses corpos necessitam de purificação e harmonização para que a luz espiritual possa ir surgindo dentro do coração do sadhaka (indivíduo que percorre a senda espiritual). Ao purificar e harmonizar os veículos, removendo tendências obscuras e distorções de caráter, além da ampliação da consciência, é possível ao sadhaka alcançar níveis elevados de fulgência interior a fim de que seja capaz de reconhecer a Realidade Última (Shabda-Brahman).

A atitude do sadhaka perante o japa do Gayatri Mantra é de extrema devoção, respeito e esforço sincero quando entoado. O hindu é instruído no conhecimento de que existem forças poderosíssimas atuando por trás da técnica simples da repetição mântrica do Gayatri, e de que esse mantra é capaz de capacitar o devoto a unir a própria consciência com a Consciência Suprema.

Sendo considerado, por essa razão, um mantra de função libertadora, pois promove a libertação do ser e seu envolvimento com Maya (ilusão). Vejamos então o Mantra e seu significado (de acordo com I. K. Taimni):

Gayatri Mantra

(em IAST)

Om bhur bhuvar svar

Tat savitur varenyam

Bhargo devasya dhymahi

Dhiyo yo nah prachodayat

 

Similares e significativas traduções foram feitas em cima deste sagrado mantra. Aqui iremos expor a indicada pelo estudioso no assunto I.K.Taimni:

Om bhur bhuvar svar = representa os três planos de existência (físico, astral e celestial).

Tat savitur varenyam bhargo devasya dhymahi dhiyo yo nah prachodayat

"Meditamos a respeito da Luz Divina do adorável Sol da Consciência Espiritual. Que Ele estimule nosso poder de percepção espiritual."

 

O Devata (Divindade masculina) do mantra é Savita, que significa Sol. Sendo que a consciência do devoto é totalmente direcionada para esse centro sustentador de vida, o Logos Solar (Surya Narayana) durante a prática da repetição mântrica. Explica Taimni que, de acordo com a sabedoria hindu, dentro do Sol físico estão ocultos planos sutis de existência com magnificência e poder muito além da imaginação do homem. E a essa poderosa sacralidade, no centro de nosso sistema solar, que o japa do Gayatri Mantra vai sendo dedicado.

Enquanto entoa o sagrado mantra, uma atitude forte de devoção e auto-entrega envolve o sendeeiro progressista, que nesse momento  é constantemenrte alvo de eflúvios beatíficos emanados da graça divina.

O sadhaka, já amadurecido pela prática contínua, guarda um silencioso sorriso entre os lábios, ciente de que ingressou decididamente no propósito profundo de sua existência sobre a Terra. Transcender é a meta! Com olhos fitos no sublime ideal, ele segue adiante seu caminho laureado de honras e glórias.  À frente, o Infinito o convida ao Sagrado e Eterno. E assim ele prossegue...

 

"...quando a evolução atingiu determinado ponto, a auto-realização é necessária para o progresso posterior, momento que torna-se necessário o uso do Gayatri... É aconselhável concentrar as energias em coisas essenciais e não as desperdice com todo tipo de práticas que são úteis, mas não absolutamente necessárias." (I.K.Taimni)

(fonte: Gayatri - O Mantra Sagrado da Índia - I.K.Taimni)

 (texto elaborado por Ana e Maria)

Respeite os Direitos Autorais



Home
Home


Copyright © - Portal de Anjos - 2009 - 2017 - Todos os direitos reservados.

Validado em  XHTML  e  CSS